Waves anuncia integração do USDN com o blockchain Ethereum

Com o USDN, a Waves lança integração ao ecossistema Ethereum, dando o primeiro passo na interoperabilidade DeFi entre as duas redes.

O blockchain Ethererum oferece interconectividade e acessibilidade, fazendo com que os usuários e produtos da rede fiquem sempre dentro de sua bolha, isolados. Mas hoje essa bolha estourou. O Protocolo Neutrino orgulhosamente apresenta, dentro da plataforma Ethereum, o Neutrino Dollar, uma stablecoin algorítmica disponível para todos os usuários do Ethereum.  Portanto, a partir de agora os usuários Ethereum podem adicionar USDN em suas carteiras, e mantê-las em stake, ganhando recompensas por isso. Não apenas os usuários Ethereum irão usufruir da nova integração, mas também seus os desenvolvedores, utilizando o USDN em recursos de DeFi (finanças descentralizadas).

Ao contrário das stablecoins convencionais, centralizadas e lastreadas em fiat, o USDN é uma stablecoin algorítmica emitida por um contrato inteligente. Atrelado ao dólar norte-americano, na proporção 1:1, o Neutrino USD é utilizado como token de pagamento em vários aplicativos descentralizados, além de ser negociado em diferentes mercados.

Com o USDN, oferecemos um caminho para a geração de renda, com o mínimo de risco e esforço, aumentando seus ganhos através do DeFi. Agora, quando a portabilidade do Neutrino é feita para o Ethereum, todos os ERC-20 USDN são colocados em stake, automaticamente. As recompensas irão para as contas dos usuários do Ethereum, todos os dias, sem precisar de mais nada. Atualmente o stake de USDN rende aproximadamente de 8% a 15% ao ano.

Veja como funciona:

Em resumo, para emitir 1 USDN na rede Ethereum, é necessário bloquear 1 USDN no contrato inteligente da Waves. Este é o endereço do contrato ERC-20 USDN: 0x06f59A767f33eaBE3F1a3D3C14997Bae8058430C

Portando, o processo de portabilidade do USDN para o blockchain Ethereum consiste, basicamente, do bloqueio de tokens USDN originais na Waves e a emissão da mesma quantidade na rede Ethereum.

Confira abaixo as próximas etapas do roadmap do Protocolo Neutrino:

1) O processo de integração à rede Ethereum consiste em duas fases, a primeira centralizada e a outra descentralizada.

 

– Fase 1 (Agosto de 2020): Com base na infraestrutura da Waves.Exchange, será criado um gateway para emitir tokens USDN no ecossistema Ethereum. O USDN original da Waves é automaticamente enviado para stake, pelo mesmo gateway. Os usuários Ethereum receberão suas recompensas do stake proporcionalmente ao seu stake em USDN.

 

– Fase 2 (Nov / Dez 2020): Com base nos protocolos Gravity e SuSy, as operações de gateway serão descentralizadas, por meio de uma rede descentralizada e ativa de oracles. Quando a solução de interoperabilidade Gravity for lançada, a Waves será capaz de realizar as mesmas integrações com outros blockchains, como Cosmos (ATOM), Solana, Ethereum Classic (ETC), entre outros. 

 

2) DeFo Forex descentralizado: Negociações praticamente instantâneas e expansão do ecossistema de ativos tokenizados, pela criação das moedas nacionais sintéticas.

 

      3) Acessibilidade cross-chain: A interoperabilidade e acessibilidade de ativos entre blockchains diferentes, através do Protocolo Gravity.

Nossa missão é oferecer uma variedade completa de recursos DeFi e, por meio da integração ao Ethereum, furarmos a bolha.

Faça parte da comunidade Waves Brasil!

Telegram
Twitter
Facebook
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.